Prevenir Lesões

Há um ditado popular que responde (quase) na perfeição a este tema: “mais vale prevenir do que remediar.”! Acredite que é a mais pura das verdades. Já pensou porque razão o “nosso” Cristiano Ronaldo raramente tem 1 lesão muscular? Porque se cuida e bem! Claro que os azares acontecem, como é óbvio, e só acontecem a quem faz, a quem treina, a quem se esforça e leva o corpo ao limite, mas, ainda assim, prevenir não custa nada e pode fazer (toda) a diferença. Vamos ver então como fazer para prevenir o aparecimento de lesões.

A importância (tremenda) de uma boa hidratação

Sim, somos muito “chatos” com este tópico, não nos cansamos de o referir exactamente porque é algo que deve estar sempre presente na nossa mente, não só no que diz respeito à alimentação, mas essencialmente no que diz respeito à actividade física intensa. Se e o seu corpo estiver devidamente hidratado as suas articulações estarão também em melhor estado.

Aquecer, alongar e descansar

Esta é uma das partes mais fundamentais do exercício físico e que tantas vezes é ignorada por tanta gente, como se aquecer e alongar não fizesse parte da própria rotina na actividade física de elevada intensidade. Outro ponto que é frequentemente ignorado é a importância vital do descanso. Isso mesmo. Há uma enorme falta de respeito pelas horas de sono e pela necessidade física de abrandamento do ritmo imposto por um treino intenso. Aprenda a conhecer-se, a “ouvir” os sinais que o seu corpo lhe dá, e sobretudo a escutá-lo quando ele lhe pede para parar.

O que deve fazer depois de se lesionar

Contraída a lesão não há volta a dar. É preciso “atacar” e resolver o problema de forma eficaz e responsável. O período imediatamente a seguir a uma lesão é fundamental. Nas 24/72horas seguintes é muito importante que siga estes passos:

Descanse

Restrinja a actividade física e evite a todo o custo esforçar a área afectada para não agravar a lesão. Por exemplo, se a lesão for num pé, num pulso, num tornozelo, joelho, evite apoiar-se sobre essa mesma zona, de modo a que não haja uma sobrecarga de peso que pode agravar o estado da lesão.

Gelo

Coloque gelo na área lesionada durante 10 a 15 minutos e depois faça uma pausa de 10 minutos antes de voltar a colocar o gelo sobre a área magoada, assim evita queimaduras (como se a lesão não fosse já suficiente). O gelo ajuda a aliviar a dor e a diminuir substancialmente o inchaço, uma vez que há uma diminuição do fluxo sanguíneo na área onde é aplicado o gelo.

Compressão

Utilize uma banda elástica para fazer pressão na área a fim de imobilizar a mesma e conseguir reduzir ainda mais o inchaço. Não aperte em demasia para não prejudicar a circulação sanguínea.

Elevação

É muito importante que se mantenha a área lesionada acima do nível do coração para ajudar a reduzir o inchaço. Se não for possível fazê-lo em virtude da localização da lesão (Ancas, costas, ombros…) coloque uma ou duas almofadas na lombar para ajudar a elevar a área afectada.

É preciso ir ao médico?

Regra geral, uma lesão desportiva não implica que tenha de ir ao médico, contudo, se as dores não diminuírem e se o inchaço provocado pela lesão for demasiado pronunciado. Pode ser necessário tomar algum tipo de anti-inflamatório que precisa de ser prescrito pelo médico.

Conceitos chave: Aquecimento; Alongamentos; Hidratação; Alimentação e por último, bom senso!

Written by Koobby
A Koobby é uma plataforma online para a descoberta e reserva de treinos e experiências de bem-estar. Os Clientes podem descobrir novos Profissionais de Exercício Físico e Saúde, fazer o agendamento online e avaliar os profissionais. Os Profissionais podem criar o seu perfil na Koobby, divulgar o seu trabalho e serviços e ser contratados por novos Cliente e fidelizar Clientes actuais. No futuro teremos mais categorias Profissionais na Koobby. #KoobbyFit