Mulher Corrida Frio

Ninguém gosta de ficar doente. Mas para os atletas profissionais há ainda mais coisas em jogo. Uma constipação, uma gripe, ou qualquer coisa do género, são suficientes para atirar com os objectivos pelo cano abaixo. Estamos a exagerar? Não. Não estamos. Siga estas dicas para não adoecer quando treinar no Inverno:

Estudos recentes comprovam que atletas olímpicos que estejam menos dias doentes durante o ano, têm maior propensão para chegar às medalhas do que os seus adversários. Ou seja, esta pode ser uma diferença entre chegar ao pódio ou ficar perto…

Há alguns detalhes (óbvios) que deve ter em atenção e que o ajudam a prevenir e não de ter de remediar. Isto é, se fizer isto com frequência, o risco de ficar doente diminui os seus objectivos podem continuar a ser isso mesmo, e não uma miragem:

Mas há outros detalhes, não tão óbvios, mas que devem ser igualmente tidos em linha de conta:

Cuidado com as viagens de avião

O seu sistema imunitário pode ficar mais sensível e o risco de ser infectado com alguma bacteria é maior, até porque tem de circular em aeroportos, que normalmente são sempre espaços densamente povoados. Tenha especial atenção se viajar depois de uma prova de grande esforço. O seu organismo tem as defesas mais em baixo e a vulnerabilidade do seu corpo é muito maior. Por isso, se puder, evite viajar imediatamente a seguir a uma prova ou competição, espere 24 horas, e viaje depois disso. Assim dá descanso ao seu corpo e dá-lhe tempo para que recupere os seus níveis normais. O mesmo se aplica no regresso aos treinos.

Cuidado com sítios fechados e cheios de gente (centros comerciais) depois de treinar

O seu sistema imunitário está mais fraco e o risco de apanhar “alguma coisa” é muito maior.

Se viajou de avião tente não se treinar nesse dia. E se treinou e viajou no mesmo dia, tire o dia seguinte de folga. Olhe para ele não como um dia perdido ou um dia de descanso, mas sim como um dia de investimento… na sua (preciosa) saúde.

Abasteça-se

Se vai correr longas distâncias ou fazer um treino de longa duração, abasteça-se. Estudos recentes sugerem que a duração da corrida, mais do que a intensidade com que o faz, são o que mais nos prejudice. Duas horas de corrida num passo moderado fazem mais mossa do que 30 minutos de corrida intensa a um ritmo elevado.

Se está a pensar correr por um período superior a 90 minutos, garanta que leva consigo uma bebida energética ou um gel de corrida. Depois de uma jornada tão longa por favor não se esqueça de reabastecer o seu corpo com carbohidratos e proteínas. Ok?

Só nos resta desejar-lhe boas corridas e bons treinos.

Written by Koobby
A Koobby é uma plataforma online para a descoberta e reserva de treinos e experiências de bem-estar. Os Clientes podem descobrir novos Profissionais de Exercício Físico e Saúde, fazer o agendamento online e avaliar os profissionais. Os Profissionais podem criar o seu perfil na Koobby, divulgar o seu trabalho e serviços e ser contratados por novos Cliente e fidelizar Clientes actuais. No futuro teremos mais categorias Profissionais na Koobby. #KoobbyFit